Quercetina: um poderoso antioxidante

A quercetina é classificada como um flavonóide com ação antioxidante, combatendo os radicais livres que fazem tanto mal a nossa saúde.

quercetina

Algumas de suas fontes são: cebola roxa, maçã, chá verde, romã, brócolis, acelga e uva. Suas propriedades são ativas principalmente nesses alimentos crus ou pouco cozidos.

Alguns de seus benefícios:

– Reduz a formação de radicais livres de modo a combater as causas do envelhecimento e aumentar a longevidade;
– Fortalece o sistema imunológico reduzindo os processos alérgicos e as doenças pulmonares associadas (ação antibacteriana, antiviral e anti-inflamatória);
– Protege a função cerebral, melhora e estimula o desempenho mental, além de prevenir doenças degenerativas como Alzheimer;
– Mantém os níveis de colesterol saudáveis;
– Melhora a condição cardiovascular;
– Protege o DNA, impedindo a mutação celular e afastando as chances de câncer.

Estudos mostraram que a quercetina apresentou mais eficiência q a vitamina C contra a formação de células do câncer.

Vitamina K

verduras-vitamina-k

Uma pesquisa conduzida nos Estados Unidos, confirmou sua importância na prevenção de várias doenças. Depois de analisar centenas de artigos científicos publicados desde os anos 1970, o bioquímico Bruce Ames sugere que uma dieta capaz de garantir a quantidade recomendada de vitamina K todos os dias é uma maneira de garantir um futuro muito mais saudável. De acordo com o estudo, a vitamina K evita os males que surgem com a idade, como osteoporose, derrames, infartos e até mesmo câncer.

Dietas pobres em vitamina K andam cada vez mais associadas à perda de massa óssea e à maior incidência de fraturas. O nutriente participa da ativação de proteínas envolvidas na mineralização dos ossos.

Tem ainda, influência direta na função cardiovascular, acionando proteínas que inibem a calcificação arterial, ou seja, que endureceriam perigosamente as paredes dos vasos. O resultado é um coração mais saudável e um cérebro funcionando a todo vapor por mais tempo.

A vitamina K também é capaz de diminuir o risco de tumores no fígado. No caso, o benefício veio dos suplementos, recomendados apenas em situações específicas e sob prescrição médica.

A melhor  maneira de evitar pequenas carências é ficar de olho no prato.  A vitamina K é bem distribuída nos alimentos de origem vegetal e animal.  Folhas escuras, como a couve e o espinafre são bons exemplos. Você ainda encontra boas quantidades no leite, ovo e óleos vegetais.

Fonte: saude.abril.com.br

Dieta e câncer

O World Cancer Research Fund publicou recentemente uma revisão detalhada de 7000 estudos clínicos que abrangem ligações entre dieta e câncer. O estudo  afirma que carnes processadas são muito perigosas para o consumo humano.

Quais são as carnes processadas?
Carnes processadas incluem bacon, salsicha, presunto empacotado, salame e quase toda a carne encontrada em refeições congeladas. Essas carnes processadas são geralmente fabricadas com um ingrediente cancerígeno (ligada à formação de câncer), conhecido como nitrato de sódio. O nitrato é usado principalmente como um fixador de cor por empresas de carne para fazer as carnes embaladas. O glutamato monossódico também é adicionado para realçar o sabor salgado.

Os nitritos e nitratos são substâncias, que, no estômago, são tranformadas em nitrosaminas, que aumentam as chances de ocorrer um câncer no estômago, no esôfago, no intestino e no reto. Outros estudos apontam que eles podem colaborar com o desenvolvimento diversos outros tipos de câncer como da mama em mulheres e da próstada em homens, além de doenças como leucemia, em crianças, e tumores cerebrais em bebês.

Um estudo da Universidade de Hawaii, descobriu que o consumo de carnes processadas aumentou o risco de câncer de pâncreas em 67%, enquanto outro estudo descobriu um aumento  de 50% do risco de câncer colorretal.

O glutamato monossódico é um segundo produto químico perigoso encontrado em  produtos de carne processada. Está logado a distúrbios neurológicos, como dores de cabeça da enxaqueca, doença de Alzheimer, perda de controle do apetite, obesidade e muitos outros problemas de saúde.

EviteBacon, salsicha, presunto, linguiça, mortadela e refeições congeladas com carne

Para evitar os perigos de carnes processadas

Leia sempre os rótulos dos alimentos
Não compre nada feito com nitrato de sódio
Coma mais produtos frescos
Evite carnes processadas

O lado bom da coisa: A vitamina C é um inibidor muito eficaz. Ela evita a formação dessas substâncias ao transformar os nitratos em óxido nítrico. Só que quando existe gordura presente na refeição, ela reage com o óxido nítrico para formar novamente os nitratos cancerígenos.

slide-vitaminas-01

 

Então já sabe, menos gordura e embutidos e mais vitamina C!

Receita Biomassa de Banana Verde

A Biomassa é um dos alimentos mais nutritivos e pode ajudar em inúmeras patologias e sintomas!

Vamos a receita?

Separe 4 bananas verdes orgânicas
Lave-as previamente, colocando em uma panela de pressão com água suficiente para cobri-las
Quando abrir fervura, adicione as bananas verdes com a casca
Feche e deixe adquirir pressão. Ao ferver o barulho da pressão é indicativo da necessidade de abaixar o fogo e permaneça por mais 10 minutos
Desligue o fogo, não abra a panela deixando a pressão perder-se naturalmente.

Tire a casca da banana e coloque no liquidificador, acrescente água aos poucos até obter uma pasta espessa. Pronto!

Guarde em potes pequenos, uma semana refrigerada ou 3 meses no congelador.

Como Utilizar? Em sucos, vitaminas, sopas, bolos, no feijão ou purês.

Biomassa-de-Banana-Verde

Benefícios

Ao ser fermentado pela microbiota bacteriana no intestino grosso, o amido resistente produz ácidos graxos de cadeia curta, contribuindo com a integridade do cólon. Assim, o amido resistente é classificado como um prebiótico, e também pode ser considerado um simbiótico, devido ao aumento no número de lactobacilos no intestino.

O amido resistente protege a mucosa contra o câncer coloretal e melhorar o funcionamento intestinal.

A biomassa aumenta a produção de células na parede estomacal, tornando-a mais resistente à acidez.

É uma das melhores fontes de potássio, além de ser eleito por suas propriedades e funcionalidade.

Tem baixo índice glicêmico, podendo ser útil para quem tem colesterol alto e diabetes

Aumenta a saciedade ajudando na perda de peso.

 

Goji Berry – A Fonte da Juventude

A Goji Berry é uma fruta de origem chinesa, onde é muito consumida em forma de chá ou como ingrediente. Aqui no Brasil podemos encontrá-la na forma de fruta seca semelhante as uva passa. É maravilhosa para saúde da pele, tem grande atividade anti envelhecimento e estimula a produção de colágeno.

Goji-Berry-e-a-Acao-Antioxidante-250x300

É considerada um alimento super saudável com benefícios nutricionais incríveis!

É fonte de vitamina C, Zinco e Ferro auxilia no combate ao envelhecimento precoce e promove proteção e melhora ao sistema imunológico. Além disso ajuda a reduzir taxas de colesterol, alivia a ansiedade, diminuição de estresse e melhora o humor… tudo de bom!

Como se não bastasse possui germânio, um fitonutriente raro que tem atividade anti- cancerígena.

Com esta lista de propriedades enorme, ela ainda se destaca pela alta concentração de vitamina C: 1 xícara de chá de Goji Berry seca contém 2.500 miligramas de vitamina C, quantidade 50 vezes maior que uma laranja.

Imagem

Morango



A fruta, ao que tudo indica, ajuda a prevenir o câncer, segundo estudo apresentado na Associação Americana para a Pesquisa do Câncer. Pesquisadores chineses acompanharam pessoas com alto risco de desenvolver câncer de esôfago e descobriram que o morango ajudou a prevenir que pequenas lesões no órgão se tornassem tumores.

É uma das melhores pedidas para quem quer controlar ou perder peso. Uma porção contém apenas 28 cal, além de ser livre de gordura, sódio e açúcar. A quantidade de carboidrato contida nessa porção corresponde à metade daquela contida em uma fatia de pão.

O morango contém  ácido elágico e flavonoides, potentes antioxidantes que, entre outras coisas, são capazes de contrabalançar os efeitos negativos do mau colesterol, o LDL.

É ótima fonte de vitamina C. Uma porção contém 51,5 mg do nutriente, cerca de metade da dose diária recomendada. A vitamina C é capaz de turbinar a imunidade.


Fonte: www.sportlife.terra.com.br