Alimentos que seguram a fome – Parte 2

Hoje a segunda parte da entrevista que saiu na revista Boa Forma.  Leitoras listaram algumas comidinhas (gostosas) com efeito anti-fome.

Para visualizar a primeira parte clique aqui: https://carolinavianamarques.com/2013/08/13/alimentos-que-seguram-a-fome/

20120611-anyaskodj-kedelyjavito-es-vitamindus-te4

Vamos aos depoimentos!

Suco de limão 
“Para ficar firme na dieta, bebo limonada (com adoçante!) gelada. Refresca e me faz esquecer dos doces”, diz Marcia Cristina Marinho, 30, de Ubiratã (PR). Por que funciona: o azedinho do limão inibe a vontade de comer algo doce. Isso porque esse sabor satura as papilas gustativas que também estão no comando da fome.

Chá de ervas 
“Beber chá (muito chá!) – sem açúcar e longe das refeições – me faz comer menos. Emagreci 9 quilos em dois meses depois que adotei essa estratégia”. Por que funciona: chá, em geral, acalma o estômago. Mas se quiser ir direto ao ponto, beba chá de capim-cidreira (reduz a compulsão a comida), verde (acelera o metabolismo, fazendo o corpo queimar gordura), cravo e canela (diminui a fissura por doce).

Banana 
“É gostosa, fácil de levar para o trabalho e sossega a fome entre as refeições”. Por que funciona: não parece, mas a banana tem fibras e, por isso, forra o estômago. Também carrega ferro, potássio e triptofano – substâncias que dão pique e diminuem a compulsão a comida.

Iogurte 
“Um iogurte desnatado e a larica da tarde desaparece”. Por que funciona: rico em proteína, não só aplaca a fome como evita que ela volte rápido. Se quiser esticar a sensação de saciedade, junte aveia.

Barra de cereais 
“Esse lanchinho tem poucas calorias, engana o estômago e faz o intestino funcionar melhor”. Por que funciona: as que têm castanhas, cereais (como a aveia) e frutas secas cortam a fome e dão energia. Cuidado com as versões carregadas de açúcar e sem quase nada de cereais integrais – disparam o índice glicêmico, e lá vem fome.

Damasco 
“Docinho, o damasco acaba com aquela vontade de comer alguma coisa no meio da manhã”. Por que funciona: desidratado, concentra frutose (açúcar da fruta) e vale por um docinho com apenas 20 calorias por unidade. A sensação de saciedade fica por conta das fibras.

Amendoim 
“Carrego um punhado de amendoim na bolsa para aliviar a fome da tarde”. Por que funciona: a gordura boa do amendoim regula o açúcar no sangue e rende uma sensação de saciedade prolongada, evitando beliscos. Mas não exagere: 10 gramas têm 55 calorias.

Soja tostada 
“No lanche, como soja tostada. Foi um dos truques que me ajudaram a perder 66 quilos”. Por que funciona: além das fibras, tem isoflavonas (hormônios naturais), zinco, vitaminas do complexo B, cálcio e potássio, que equilibram os hormônios femininos. E os hormônios, você sabe, influem muito na gula.

Fonte: http://www.boaforma.com.br

Alimentos que seguram a fome

A revista Boa Forma entrevistou algumas leitoras, que listaram algumas comidinhas (gostosas) com efeito anti-fome, olha que legal os depoimentos!

Vou dividir o post em duas partes para não ficar muito cansativo. Amanhã posto o final da matéria.

fibras

Abacaxi 
“Comer uma fatia de abacaxi no café da manhã me deixa sem fome até o almoço”. Por que funciona: rico em fibras, o abacaxi mantém o estômago ocupado na digestão por mais tempo, o que segura a fome. Também tem várias vitaminas e minerais importantes para o equilíbrio geral do organismo. E um corpo saudável corre menos risco de cair na armadilha da gula.

Aveia 
“Mingau de aveia faz a gente quase esquecer a comida no resto do dia”. Por que funciona: as fibras da aveia se expandem no estômago. Depois, são transformadas numa espécie de gel resistente à digestão, prolongando a saciedade. Se preferir, polvilhe o cereal nas frutas ou no iogurte.

Pão integral 
“Ele estica muito mais a sensação de saciedade que o pão branco”. Por que funciona: além de deixar você satisfeita com menos comida – por causa das fibras dos grãos -, pães e massas integrais têm o poder de manter os níveis de açúcar no sangue mais equilibrados, evitando que a fome volte logo.

Ovo 
“Comer ovo de manhã é batata: a fome fica menor nas outras refeições!”. Por que funciona: o ovo é fonte de proteína – nutriente que tem uma estrutura molecular complexa, exigindo uma digestão lenta. Por isso, deixa você sem fome por um bom tempo. Além dos mais, proteínas geram mais saciedade que carboidratos.

Arroz integral 
“Quando estou com muita fome, troco o arroz branco pelo integral. Preenche o estômago mais rápido”. Por que funciona: esse tipo de arroz, que vem com a casquinha, leva mais tempo para ser digerido do que o branco. E enquanto o estômago está cheio, você não pensa em comida.

Abóbora 
“A abóbora é minha aliada contra a balança! Me ajudou a perder 8 quilos”. Por que funciona: tem fibra de monte e poucas calorias (tem só 33 calorias por 100 gramas), por isso, você pode comer bastante sem medo de engordar. Não é à toa que faz sucesso na turma do regime. Pode ser assada ou cozida, doce ou salgada.

Cenoura 
“Além de folhas verdes, como bastante cenoura na salada. Mastigar esse legume diminui minha gula”. Por que funciona: a textura firme da cenoura exige mesmo que você mastigue, mastigue, mastigue… Com isso, o cérebro entende que uma boa quantidade de alimento está sendo ingerida. Além disso, comendo devagar, você consome menos comida nos 20 minutos que seu organismo leva para “desligar” a fome.

Folhas verdes
“No jantar, devoro um prato grandão de folhas verdes com tomate e pepino. Depois, como uma fruta e pronto: me sinto bem alimentada”. Por que funciona: campeãs de fibras, as folhas exigem muita mastigação – ninguém engole uma saladona sem trabalhar muito com os dentes. E a mastigação é um mecanismo fundamental para o cérebro avisar a hora certa de você parar de comer.

Fonte: http://www.boaforma.com.br

Receita: Panqueca Salgada

Para quem está fazendo restrição calórica e tenta evitar a farinha de trigo essa receita é excelente!

Receita-1-Panqueca-de-Farelo-de-Aveia-3

 

Você pode usar queijo como recheio (Cottage, ricota ou minas frescal light) e basta misturar tudo com um garfo. Para quem vive na correria, acaba se tornando uma mão na roda nesse inverno, já que é uma opção bem saudável para um jantar.

Use a sua criatividade para rechear, você pode usar o que tiver em casa. Aqui, a sugestão é frango desfiado ao molho cremoso.

Ingredientes da massa
. 2 claras de ovos
. 1 colher (sopa cheia) de farelo de aveia
. 1 colher (sopa cheia) de queijo tipo cottage ou de sua preferência (amasse com um garfo se for um queijo de consistência firme)
. sal e temperos a gosto

Modo de preparo
Em um prato fundo bata as claras ligeiramente. Acrescente o farelo de aveia e o queijo cottage e misture até obter ponto de mingau. Tempere com sal, orégano ou ervas frescas, conforme preferir.
Despeje a massa em uma frigideira anti-aderente untada com azeite de oliva (use um papel toalha ou guardanapo para untar rapidamente). Grelhe a panqueca tomando cuidado no momento de virá-la.
Você pode fazer a panqueca sem gordura nenhuma, apenas use uma boa frigideira anti aderente, como as de cerâmica.

Ingredientes do recheio
. 100g de frango desfiado
. 1 colher de (sobremesa) de requeijão ou creme de ricota light
. temperos a gosto: salsinha, cebolinha, sal, mostarda, alho, cebola

Modo de preparo
Coloque o frango já desfiado em uma frigideira, e adicione os temperos de sua preferência. Não precisa usar óleo, se necessário vá pingando 1 colher de (sopa) de água no frango. Acrescente o requeijão ou creme de ricota e está pronto para rechear.

Fonte: http://www.boaforma.com.br – receita da nutricionista Carol Guimarães

Receitas Organomix

Um site que sempre recomendo para compra de produtos é o http://www.organomix.com.br.

Além de vários produtos eles ainda disponibilizam receitas saudáveis, olha só essa que delícia!

Uma maneira diferente e rápida de fazer uma salada deliciosa, usando como base um dos legumes mais conhecidos da mesa dos brasileiros.

ImgDestaque_Abobrinha-Espaguetes-465x345

Ingredientes:

– 230g de tomate cereja, cortado ao meio
– 1 dente de alho, em fatias finas
– 2 colheres (sopa) de manjericão fresco picado
– 4 castanhas do Pará
– 2 colheres (sopa) de azeite extra virgem
– 1 abobrinha cortada em fatias finas longitudinalmente
– 1 colher (chá) de raspas de limão
– Meio limão
– Sal e pimenta a gosto

Como fazer:

Em uma tigela, misture o tomate, o alho, o manjericão, a castanha e o azeite. Tempere com sal e pimenta a gosto. Deixe descansar por 20 minutos. Coloque a abobrinha, o suco do meio limão e as raspas. Decore com manjericão.