Batata Yacon contra inflamações

O visual não é de fruta – parece, isso sim, inhame. O yacon  ganhou notoriedade há uns dez anos por ajudar a domar as taxas de açúcar no sangue. Daí o apelido de batata diet ou batata dos diabéticos. Essa fama toda tem a ver com seu estoque de inulina, um carboidrato resistente às enzimas do estômago. Dentro do organismo, ela vira uma espécie de gel, capaz de tornar a absorção da glicose mais lenta. Bem diferente do que acontece com outros integrantes de sua família, como a mandioca, a batata e o cará, trio que está cheio de amido – amido absorvido depressa pelo corpo, provocando os chamados picos glicêmicos. Mas agora o yacon não é exclusivamente sinônimo só de glicemia controlada!

Estudiosos da Unicamp analisaram o poder do alimento contra a inflamação intestinal, a famosa colite. A investigação teve início justamente porque o yacon tem reservas generosas de açúcares não digeríveis, os fruto-oligossacarídeos, ou oligofrutoses. Também conhecidos pela sigla FOS, eles servem de comida para as bactérias do bem que habitam o ambiente instestinal e trabalham a favor de nossas defesas. Em outras palavras, agem como prebióticos.

Para avaliar as propriedades do yacon, os pesquisadores suplementaram a dieta de roedores com uma farinha à base desse ingrediente. A conclusão foi de que os prebióticos da raiz provocam o aumento da secreção de imunoglobulina intestinal, a IgA, uma proteína escalada para defender a áreA alimentação contendo FOS de yacon tornou os animais do estudo menos suscetíveis ao desenvolvimento de sintomas da colite.
Os FOS encontrados no yacon também estimulam o crescimento e a atividade de bifidobactérias, micro-organismos por trás de inúmeras benesses no intestino. Esse time diminui as bactérias patogênicos que insistem em permanecer na região. Ao chegar ao cólon, os FOS são degradados por bactérias que produzem ácidos graxos e outras substâncias que regulam o trato gastrointestinal, assim como melhoram o metabolismo de gorduras e reduzem a síntese de triglicérides.

Comparado a outras raízes comestíveis, o yacon e suas qualidades são animadores para quem vive em uma época em que altos níveis de gordura circulam pelo sangue . Os prebióticos da raiz deixam o trânsito intestinal mais rápido, e a capacidade de absorção de colesterol pelo órgão chega a ter redução de 10 a 15%. E tem mais: os FOS colaboram para que o corpo assimile pra valer alguns nutrientes, especialmente cálcio, um aliado dos ossos. De quebra, estimulam a multiplicação de bactérias que participam da fabricação de vitaminas do complexo B pelo sistema digestivo. Esse batalhão também está por trás do nosso bom humor. 

Amanhã tem receita com batata Yacon!

Fonte: http://www.saude.abril.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s