Sopa de Abóbora com Gengibre




½ kg de abóbora picada em cubos 

½ unidade de cebola 

1 dente de alho picado
1 colher de sopa de óleo de coco
1 colher de sobremesa de gengibre em pó ou da raiz ralada
Sal marinho a gosto
Água o suficiente para cobrir a abóbora


Refogue a cebola e o alho no óleo de coco e acrescente a abóbora, tempere com sal e cubra com água. 

Cozinhe em fogo baixo por 15 minutos. Bata no liquidificador  até a consistência de creme, misture o gengibre e sirva em seguida

O gengibre e o óleo de coco possuem efeito termogênico, sendo capaz de acelerar o metabolismo, fazendo com que o organismo trabalhe em ritmo mais acelerado. Além disso, o gengibre possui ação anti-inflamatória, que auxilia no emagrecimento.

Anúncios

Receita Manteiga de Semente de Girassol


– 2 xícaras de chá de sementes de girassol (cruas ou torradas, com ou sem sal)
– 1 a 2 colheres de sopa de óleo de canola prensado à frio
– Sal marinho à gosto (opcional)
– Stévia à gosto


Preparo

Em um liquidificador ou processador, bater as sementes de girassol. Adicionar o óleo de canola aos poucos, até que formar uma mistura cremosa. Adicionar o sal marinho e a stévia. Transferir para um pote de vidro hermeticamente fechado. 

Dica: a manteiga de sementes de girassol pode ser consumida com torradas e combina com palitos de cenoura, aipo, pepino e abobrinha.

Ótima opção para quem pretende retirar derivados do leite do cardápio!

Outra dica é substituir a manteiga de amendoim ou tahine pela manteiga de girassol em receitas. 

Rendimento: 20 porções
Valor calórico: 90 Kcal por porção

A semente de girassol é fonte dos ômegas 6 e 9 que atuam no controle do colesterol e  prevenção contra doenças cardiovasculares. Rica em vitamina E, seu consumo reduz o risco de câncer de cólon, bexiga e próstata. 

O Mito do ovo



Apesar de seu uso já ter sido restrito, atualmente sabe-se que o colesterol do ovo tem efeitos mínimos, ou até mesmo nulos na elevação das concentrações
sangüíneas de colesterol. 

O ovo é rico em diversos nutrientes moduladores de doenças cardiovasculares, como: vitaminas do complexo B, colina, zinco, selênio, DHA, carotenóides e vitaminas lipossolúveis.

O ovo tipo caipira é a melhor opção. Possui teores  maiores de carotenóides totais, substâncias antioxidantes precursoras da vitamina A . 



Por serem antioxidantes, protegem nosso organismo dos danos causados pelos radicais livres. E é justamente pela presença dos carotenóides que a gema da galinha caipira tem uma cor mais avermelhada.